Imagem capa - Segurança na Fotografia Newborn por Débora Machado Fotografia
Newborn

Segurança na Fotografia Newborn


Falar da segurança na fotografia newborn é falar de um conjunto de ações que devem ser tomadas pelo profissional da fotografia que escolhe oferecer esse tipo de ensaio para seu cliente.

Fotografar um recém-nascido demanda uma série de cuidados, começando pelo ambiente que deve ser totalmente higienizado antes de todas as sessões e mantido a uma temperatura em torno de 26 graus. Os acessórios (mantas e roupinhas) que forem usados devem estar limpos e serem macios pois a pele do bebê é muito delicada.

Mas o mais importante de tudo, o fotógrafo deve ser capacitado,  ter conhecimento da anatomia e fisiologia do recém-nascido, estar sempre em busca do conhecimento fazendo cursos sobre áreas especificas.

Todas as poses da fotografia newborn foram estudas. Algumas são mais simples, outras demandam mais prática, mas em todas deve-se ter os cuidados necessários. E o mais importante, respeitar cada bebê, pois cada um é único!

Algumas poses requerem fusões de imagens, e isso não é negociável. Fazer essa fusão, evita do bebê correr um risco desnecessário, e demanda poucos minutos na edição.




Essa pose é linda, não acha? E muitos pais chegam no estúdio pedindo por ela. Mas ela se torna muito mais bela se for feita com segurança e respeitando o bebê, nem todos aceitam ficar nessa pose e é obrigação do fotógrafo perceber isso e não insistir. 

Devemos informar aos pais que nem todos os bebês aceitam todas as poses e isso é super normal, torna cada ensaio único e apaixonante.



Nós, fotógrafos escolhemos registrar vidas, e quando optamos em ser fotógrafos de newborn nos tornamos responsáveis, por algumas horas, daquele pequeno ser que acabou de chegar. Os pais confiaram a nós o seu bem mais precioso e é nosso trabalho registrar cada detalhe desse recém-nascido, mas é nosso dever manter aquele bebê em total segurança e transformar aquele ensaio em um momento mágico para esta família.


Foto bonita é foto segura!


Abraço,

Débora e Vilnei